Alunos do Espaço Avançar recebem atividades planejadas individualmente para fazer em casa

Atendimentos terapêuticos continuam por videoconferência, telefone ou e-mail

Com o objetivo de manter o acolhimento e a assistência aos alunos com autismo e famílias da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Elvira Maria Maffei, também conhecida como Espaço Avançar, a Secretaria de Educação de Indaiatuba personalizou o “Minha Lição” utilizando os meios e estratégias mais adequados ao momento atual, de pandemia da covid-19.

Para manter o vínculo dos alunos com a escola e dar continuidade ao processo educacional, a equipe gestora envia para cada um dos alunos atividades impressas, que são planejadas individualmente, acompanhadas pelas recomendações de como devem ser realizadas pelas crianças e adolescentes.

Caso ocorra qualquer dúvida ou dificuldade, os responsáveis podem entrar em contato com a escola para receber o apoio e orientações necessárias.
Os atendimentos terapêuticos realizados pela equipe de saúde do Espaço Avançar passaram pelas adequações necessárias para que os atendimentos clínicos continuassem acontecendo durante a pandemia. As consultas médicas são realizadas por videoconferência, telefone ou e-mail.

Os conteúdos das atividades pedagógicas foram selecionados e planejados com base na primeira avaliação diagnóstica realizada no início do ano e adequados para o ambiente de casa.

“Desta maneira, o plano de ensino consegue atingir as habilidades que mais precisam ser estimuladas em cada um dos alunos”, afirma a Secretaria Municipal de Educação.

Os responsáveis foram orientados a desenvolver uma rotina em casa para realização das atividades e assim tornar estes momentos habituais e agradáveis, evitando gerar estímulos negativos que possam comprometer o desenvolvimento do aluno ou potencializar uma relação desgastante em casa.

Todo processo de preparação das crianças para as atividades que serão realizadas a cada dia, minimiza a ansiedade e regula o comportamento dela.

A leitura diária de histórias também foi recomendada, pois esse momento melhora a interação, amplia o vocabulário e desenvolve a atenção e concentração. A importância de respeitar o ritmo, envolvimento e participação de cada criança e adolescente com a tarefa é imprescindível para o sucesso desta parceria entre a escola e a família.