Convênio assinado com o Estado garante repasse de R$ 350 mil para Indaiatuba

Recurso é destinado à compra de equipamentos e maquinários para a manutenção dos serviços de zeladoria na cidade

O prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB), firmou um convênio com o governo do Estado, por meio do Programa de Parcerias Municipais, que resulta no repasse de R$ 350 mil para a Prefeitura aplicar na compra de equipamentos e maquinários para os serviços de zeladoria da cidade.

Gaspar assinou o convênio, na sede do governo do Estado, em São Paulo, na terça-feira (8/6).

Segundo a Prefeitura, Indaiatuba é a única cidade da Região Metropolitana de Campinas (RMC), com mais de 100 mil habitantes, entre as 21 cidades paulistas premiadas pelo Programa de Parcerias Municipais.

O prefeito ressaltou o reconhecimento dos serviços públicos prestado ao município. “Mais uma vez, temos nosso modelo de gestão chancelado, beneficiando duplamente nossa população, tanto pelo trabalho eficiente prestado, quanto pela vinda de verbas. Administrar uma cidade do porte de Indaiatuba é uma grande responsabilidade e é necessário seriedade, transparência e planejamento. Para nós, o sucesso é medido pela qualidade dos serviços públicos que oferecemos e o cuidado que a Prefeitura tem com a população. Este prêmio é mais um reconhecimento de que estamos no caminho certo e quem ganha, de fato, são as pessoas que vivem com mais segurança em nosso município”, comemorou Gaspar.

O PROGRAMA

O objetivo do Programa Parcerias Municipais é apoiar e promover a cooperação entre municípios, organizações do terceiro setor e iniciativa privada para a mitigação dos principais problemas identificados.

Para isso, a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo disponibiliza uma equipe técnica que orienta e contribui para que as ações estabelecidas sejam efetivadas, fazendo com que as políticas públicas e os recursos financeiros e não financeiros cheguem de acordo com a necessidade de cada município e não de maneira massificada e indiscriminada.

O programa prevê apoio na identificação dos problemas, na gestão, expertise técnica, tecnologia e recursos financeiros, conforme o caso. A cada ano se completa um ciclo, podendo a cada ciclo integrar novos municípios.

Na primeira fase, que encerra no final de 2020, 563 municípios aderiram ao programa e 432 elaboraram seus planos de ação para enfrentamento dos desafios identificados como prioritários, totalizando 8 mil planos.

Para a seleção dos vencedores, a equipe técnica do Programa, com apoio de especialistas, avaliou os planos de ação para cada um dos sete desafios do Programa, tendo como principais critérios: evolução do município nos desafios, engajamento no Programa e execução dos planos de ação, respeitando as características e necessidades específicas de cada segmento.

Além do troféu, serão distribuídos R$ 5 milhões entre os municípios da seguinte forma: municípios até 50 mil habitantes – Convênio de até R$150.000,00; municípios de 50 mil a 100 mil habitantes – Convênio de até R$250.000,00; e municípios acima de 100 mil habitantes – Convênio de até R$350.000,00.