Indaiatuba confirma quatro mortes por covid-19 no final de semana

As vítimas foram um homem, de 61 anos, e três mulheres, de 56, 66 e 70 anos; cidade já registrou 155 óbitos pela doença até agora

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba confirmou quatro mortes por covid-19, no final de semana. As vítimas foram um homem, de 61 anos, e três mulheres, de 56, 66 e 70 anos. A cidade já registrou 155 óbitos e 5.538 casos da doença até agora.

SÁBADO

A morte confirmada no sábado (22/8) foi de um homem, de 61 anos. Ele faleceu na sexta-feira (21/8), no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) depois de ficar sete dias internado. Ele era hipertenso e diabético.

DOMINGO

No domingo (23/8), foram confirmadas mais três, totalizando os quatro casos do final de semana.

Um dos óbitos confirmados no domingo foi de uma mulher, de 56 anos. Ela morreu no sábado e estava internada desde o dia 10 de agosto, no Haoc. A mulher tinha diabetes, hipertensão, cardiopatia e era ex-tabagista.

A outra morte também ocorreu no sábado, no Haoc. Trata-se de outra mulher, de 70 anos, que estava internada desde o dia 11 de agosto. Ela era hipertensa e diabética.

A última morte confirmada no final de semana ocorreu no sábado (22/8), no Hospital Santa Ignês. A vítima foi uma mulher, de 66 anos. Ela ficou internada por oito dias e tinha síndrome de Stevens-Johnson, hipertensão, obesidade e glaucoma.

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

Indaiatuba soma 25.990 notificações de covid-19. Até agora, há 5.554 casos confirmados.

Entre as pessoas infectadas pelo novo coronavírus, que causa a covid-19, 155 morreram e 5.353 são consideradas curadas ou estão em recuperação domiciliar. Atualmente, 46 infectados estão internados.

Há 284 casos suspeitos aguardando os resultados dos exames para a confirmação ou não da covid-19. Também há um óbito suspeito em investigação.

HOSPITAIS

Até domingo (23/8), havia 65 pessoas com sintomas de síndrome respiratória internadas no sistema de saúde de Indaiatuba, sendo 36 em leitos clínicos (enfermaria) e 29 em leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Destas, 46 têm exames positivos para a covid-19.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI para a covid-19 é de 88% no Haoc e de 67% no Hospital Santa Ignês. Nas enfermarias, a ocupação é de 69% no Haoc e de 21% no Hospital Santa Ignês, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

(Fonte: Secretaria de Saúde de Indaiatuba)