UTIs do Hospital Santa Ignês e do Haoc estão com 83% de ocupação

Hoje, dois óbitos suspeitos foram registrados no Haoc, mas ainda não há resultado de exame que confirme covid-19

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Indaiatuba, nesta sexta-feira (17/7), a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital Santa Ignês, da rede privada, e do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), que atende pelo Sistema Único de Saúde, é a mesma: 83%, no momento.

Nas enfermarias, as taxas são de 79% no Haoc e 71% no Hospital Santa Ignês, segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde.

Atualmente, há 48 pessoas internadas com sintomas de síndrome respiratória em leitos de enfermaria e 30 em leitos UTI, totalizando 78 internações no sistema de saúde de Indaiatuba. Entre esses internados, 48 têm resultado positivo de exame para a covid-19.

“Na data de hoje dois óbitos suspeitos foram registrados no Haoc, mas ainda não há resultado do exame, sendo assim, não há mortes computadas para essa sexta-feira”, informa a Secretaria Municipal de Saúde.

Indaiatuba soma 3.105 casos confirmados de covid-19. Do total de infectados, 98 morreram; 2.959 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 48 estão internados. Ainda há outros 541 casos suspeitos aguardando resultado de exame para confirmação ou não da covid-19.

(Fonte: Secretaria de Saúde de Indaiatuba)