Boletim de hoje do Hospital Augusto de Oliveira Camargo não traz óbito por covid-19

Dois pacientes morreram com sintomas de síndrome respiratória, mas ainda sem confirmação para a infecção pelo novo coronvaírus

Em boletim divulgado nesta sexta-feira (17/7), o Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), de Indaiatuba, informa que dois pacientes morreram, ontem (16/7), com sintomas de síndrome respiratória, mas ainda sem resultado de exames para a confirmação da covid-19. Os dois tinham 67 anos de idade. O boletim de não traz óbito confirmado por causa de infecção pelo novo coronavíurs.

Ontem, também foram registradas três altas de pacientes com covid-19.

Nas últimas 24 horas, ainda ocorreram seis novas internações de pacientes com sintomas de síndrome respiratória.

No momento, 58 pessoas estão internadas nas alas da covid-19, no Haoc, com sintomas de síndrome respiratória, sendo 20 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 38 em enfermaria. Destes, 33 pacientes já confirmaram a infecção pelo novo coronavírus.