Candidatos a prefeito de Indaiatuba avaliam debate político

O juiz eleitoral do município também comenta o evento em entrevista ao Blog da Pimenta

Por Patrícia Lisboa

Os cinco candidatos a prefeito de Indaiatuba, sendo eles, por ordem alfabética, Bruno Arevalo Ganem (PV), Emanoel Messias Santos (PMN), Gervásio Aparecido da Silva (PTB), Nilson Alcides Gaspar (PMDB) e Rinaldo Wolf (PT), participaram ontem (20/9) do debate político promovido pela Faculdade Max Planck, Subseção de Indaiatuba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e TV Sol.

Por cerca de quatro horas, os candidatos responderam perguntas feitas entre si e também por representantes de entidades e alunos da faculdade.

Após as considerações finais, o Blog da Pimenta entrevistou todos os candidatos para saber deles se avaliam que o debate ajudará o eleitor definir seu voto e também a opinião deles sobre as regras do debate.

Confira a íntegra das respostas de cada candidato, por ordem alfabética:

Bruno Arevalo Ganem (PV):

“Eu entendo que foi um debate bastante amplo, as perguntas foram excepcionais, muito boas; a organização está de parabéns, todos os candidatos estão de parabéns também. Eu entendo que todos foram muito propositivos. Eu entendo isso como positivo e a população tem hoje uma visão mais clara dos projetos de cada um. Eu fiquei muito feliz de poder apresentar boa parte do nosso plano de governo. É claro que tem muitas outras coisas que estão aí sendo divulgadas também, que a gente vai ter oportunidade de passar e estamos bastante confiantes de que a população vai poder escolher o melhor plano de governo.

As regras do debate foram claras sim e eu sinto que tudo transcorreu de uma maneira correta. Existiu uma intercorrência no final, da questão do direito de resposta, mas eu entendo que está dentro da normalidade; respeito, inclusive, a decisão do colegiado, que é um colegiado qualificado, inclusive. Então, só tenho elogios realmente a esse debate. Entendo que foi um marco na nossa campanha, digo, nossa, da cidade, de todos os candidatos e, com certeza, o eleitor vai tomar uma decisão muito mais consciente.”

Emanoel Messias Santos (PMN):

“Foi um excelente debate. Eu acho que uma parte da sociedade entendeu, vai entender, o propósito do debate. Acredito que a maior parte da população, infelizmente, ela não está acordada para isso, não se preocupa muito com isso. Mas, uma parte, com certeza, as pessoas que têm um pouco mais de visão política, elas vão começar a dar uma olhadinha mais e, a partir de agora, com a programação também da TV Sol durante a semana, as próprias reportagens de vocês durante a semana, o eleitor vai começar a ter uma visão e chegar numa conclusão. Para mim, é muito importante essa questão do debate, ajuda todos os candidatos a realmente mostrar a questão política da cidade.

As regras foram claras, a mesma oportunidade que eu tive, os outros também tiveram. Foi sorteio e sorteio não dá para você saber, então, eu acredito que foram claras, não vi nenhum candidato que pudesse estar reclamando da questão das regras.”

Gervásio Aparecido da Silva (PTB):

“A avaliação é positiva, é uma oportunidade da gente passar para toda a população, através da TV Sol e de todos vocês da imprensa, aquilo que a gente pensa da cidade, aquilo que a gente pretende implantar sendo prefeito. É uma oportunidade ímpar e que todos tiveram de conhecer propostas e fazer uma avaliação. Eu acho que isso é super importante para o processo democrático. Gostaria que tivesse mais debates e mais oportunidades para que a gente pudesse colocar como é que que a gente quer governar Indaiatuba. É o que eu sempre venho dizendo e é o mote da nossa campanha: a cidade está bonita, sim, está bacana, a gente se orgulha dela, mas eu acho que tem que ter um novo direcionamento. Agora, é começar a investir nas pessoas e na qualidade de vida das pessoas.

As regras foram claras, eu acho que todo mundo entendeu, não teve questionamento e tudo mundo procurou se posicionar e se colocar dentro das regras. Eu acho que foi tranquilo.”

Nilson Alcides Gaspar (PMDB):

“O tempo foi muito curto para as respostas, principalmente para as perguntas, mas eu acredito que trouxe muita informação para os eleitores. Eu acho que foi muito válido e vai trazer muito conhecimento para todos que estão, nesse momento, decidindo quem vai ser seu candidato a prefeito, em quem vão votar nessa próxima eleição. Acho que foi muito produtivo.

As regras foram claras, foram bem definidas e eu procurei fazer o melhor para que as pessoas pudessem entender a minha proposta, o meu projeto para Indaiatuba.”

Rinaldo Wolf (PT):

“O debate foi muito bom, fui o último candidato que entrou no embate, então, foi uma maneira da gente se expor, mostrar nosso programa de governo e eu acho que muito positivo. Acho que o debate, o primeiro que Indaiatuba fez dessa grandeza, inclusive, com transmissão ao vivo pela TV Sol, foi muito importante e acredito que nas próximas campanhas isso tem que ocorrer de novo.

As regras claras, foram boas, ninguém saiu prejudicado. Eu acho que foi um sucesso.”

Juiz eleitoral

O juiz eleitoral de Indaiatuba, Fábio Luís Castaldello, assistiu ao debate na Faculdade Max Planck. Confira a entrevista concedida por ele ao Blog da Pimenta:

“A minha participação aqui não é para fazer controle, censura, verificação porque não é a função da Justiça Eleitoral. Eu vim mesmo para prestigiar o evento em razão de sua importância e, de certa forma, prestigiar também os candidatos que se disponibilizaram a promover esse debate.

Como a organização tem obrigação de, antes de promover o debate, nos dar conhecimento lá na Justiça Eleitoral – não para nós avalizarmos, autorizarmos, não é essa nossa função, é só mesmo para tomarmos ciência – como eu tomei ciência e eu sei das regras, tudo o que estou vendo aqui está dentro das regras sim.”

Blog – Ganha a democracia?

Sem dúvida. É uma chance inestimável do eleitorado conhecer as propostas e os candidatos.

 

A partir de amanhã (22/9), a íntegra do debate estará disponível no site e também na página da TV Sol Comunidade no Facebook.