Coronavírus: Um dia sem morte no Haoc; duas altas são registradas

No momento, de 50 internados com sintomas de síndrome respiratória, 28 têm resultado positivo para a covid-19

Por Patrícia Lisboa

Nas últimas 24 horas, nenhum óbito foi registrado no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), de Indaiatuba, decorrente de sintomas de síndrome respiratória.

Em apenas oito dias – entre os dias 14 e 21 deste mês – ocorreram 11 mortes de pacientes que estavam internados com sintomas de síndrome respiratória, no Haoc. Nove deles tinham diagnóstico positivo para a covid-19 e faleceram por complicações da doença.

Segundo o hospital, nas últimas 24 horas, dois pacientes que tinham sido internados com sintomas de síndrome respiratória, tiveram alta. Uma mulher, de 66 anos, tinha resultado positivo de exame para a covid-19. A outra alta é de paciente com resultado negativo para a doença.

No período, também foram registradas duas novas internações de pacientes com sintomas de síndrome respiratória.

Nas alas exclusivas para a covid-19, há 50 internados, no momento, sendo que 20 estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 estão em leitos de enfermaria. Destes, 28 têm confirmação de covid-19, segundo o boletim médico do hospital.