Eleições municipais: TSE orienta sobre os cuidados sanitários na hora do voto

O uso da máscara é obrigatório; horário das 7h às 10h é preferencial para pessoas com mais de 60 anos

O primeiro turno das eleições municipais acontecem, neste domingo (15/11), em todo o País, exceto Macapá. A votação é das 7h às 17h, sendo que o horário das 7h às 10h é preferencial para os eleitores com mais de 60 anos de idade.

No Brasil, o voto é obrigatório para maiores de 18 anos e legalmente capaz e é facultativo para analfabetos, maiores de 70 anos e os que têm entre 16 e 18 anos.

Para evitar o contágio pelo novo coronavírus, que causa a covid-19, foi estabelecido um plano sanitário específico. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), todas as regras para o dia da eleição foram definidas por médicos dos Hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein e da Fiocruz.

CUIDADOS

Se estiver com febre ou tiver tido a covid-19, nos 14 dias antes da votação, a recomendação é para que o eleitor fique em casa.

Para quem for votar, o uso da máscara é obrigatório.

Também é recomendado que cada pessoa leve a sua caneta.

É importante manter a distância mínima de um metro de outras pessoas.

O TSE orienta que o eleitor confirme o local de votação e seção, pois pode ter ocorrido mudança.

Se possível, não leve acompanhantes na seção eleitoral.

No local da votação, mantenha a distância de um metro de outras pessoas e fique com a máscara o tempo todo.

Se tossir ou espirrar, use a parte interna do cotovelo ou um lenço.

Limpe as mãos com álcool em gel, que será disponibilizado em todas as seções.

É proibido o uso do celular dentro da cabine de votação, para proteger o sigilo do voto. Selfies são proibidas.

Evite abraços e apertos de mão e não toque no rosto.

ORDEM DA VOTAÇÃO

Para não atrasar o processo de votação, lembre-se da ordem: primeiro, vote em vereadora/vereador (cinco dígitos) e confirme. Depois, escolha prefeita/prefeito (dois dígitos) e confirme.

PASSO A PASSO DO VOTO

- Entre na sessão eleitoral e fique na frente da mesa;

- Mostre seu documento oficial com foto em direção ao mesário;

- Após o mesário ler em voz alta o seu nome, confirme que é você;

- Guarde o seu documento;

- Limpe as mãos com álcool em gel;

- Assine o caderno de votação;

- Se precisar do comprovante de votação, solicite ao mesário;

- Quando a urna for liberada, dirija-se à cabine de votação;

- Digite os números dos seus candidatos;

- Na saída, limpe as mãos com álcool em gel novamente.

PARA JUSTIFICAR AUSÊNCIA

Se o eleitor estiver fora do domicílio eleitoral no dia da eleição, o TSE orienta que ele justifique pelo celular. Para isso, é preciso baixar o aplicativo _e-Título_ no Google Play e Apple Store.

É possível justificar em até 60 dias após cada turno da eleição apresentando documentos que comprovem o motivo da falta (atestado médico, por exemplo). “Faça no App, no site (www.justificativa.tse.jus.br) ou procure um cartório eleitoral”, orienta o TSE.

(Fonte: Tribunal Superior Eleitoral – TSE)