Em 24 horas, três pessoas morrem no Haoc por causa de síndrome respiratória

Duas vítimas tinham resultado positivo para a covid-19; duas são de Indaiatuba e uma é de Elias Fausto

Três pessoas que estavam internadas com sintomas de síndrome respiratória morreram, no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), de Indaiatuba, entre ontem (24/6) e hoje (25/6).

Uma das vítimas é um homem, de 63 anos, que teve resultado negativo para a covid-19. O outro óbito foi de um paciente de 65 anos, que estava internado desde o dia 14 de junho e faleceu por complicações provocadas pelo novo coronavírus. Os dois eram moradores de Indaiatuba.

O terceiro óbito é de uma mulher, de 55 anos, moradora de Elias Fausto. Ela estava internada, no Haoc, desde o dia 18 deste mês e tinha diagnóstico positivo para a covid-19.

Também entre ontem e hoje, ocorreram duas altas de pacientes que estavam com covid-19, sendo um homem, de 43 anos, e uma mulher de 54 anos.

Nas últimas 24 horas, nove pacientes com sintomas de síndrome respiratória foram internados no Haoc. No momento, na ala para a pacientes da covid-19, há 49 pessoas internadas com sintomas de síndrome respiratória, sendo que 27 têm resultado para a covid-19. Do total, 20 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 29 em enfermaria.