Exames descartam duas mortes suspeitas por covid-19 em Indaiatuba

Boletim epidemiológico também traz a faixa etária dos pacientes das notificações da doença na cidade; quatro deles têm menos de um ano de idade e a maioria tem entre 30 e 39 anos

Por Patrícia Lisboa

Exames do Instituto Adolfo Lutz descartaram, nesta sexta-feira (3/4), duas mortes suspeitas por covid-19 registradas, em Indaiatuba. Os óbitos foram de duas mulheres, de 77 e 73 anos, que estavam internadas no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc). Outras quatro mortes suspeitas por covid-19 estão em investigação no município.

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde também traz, nesta sexta, sete novos casos suspeitos de covid-19.

Ao todo, são 138 notificações relacionadas à doença, sendo 108 casos suspeitos aguardando resultados de exames para confirmação ou não, 28 casos descartados e dois casos confirmados.

Há sete pacientes internados em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Haoc e um em internação clínica.

FAIXA ETÁRIA

Nesta sexta-feira, a Secretaria de Saúde também divulgou a faixa etária das 138 notificações de covid-19. Na faixa dos 30 aos 39 anos de idade estão 45 notificações, a maior parte delas. A segunda maior concentração de notificações, 22 ao todo, se concentra na faixa etária dos 40 aos 49 anos. Entre as pessoas com mais de 60 anos somam 20 notificações. Há também quatro notificações relacionadas a pacientes com menos de um ano de idade.

Confira as tabelas abaixo.

BRASIL

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no Brasil subiu de 7.910 para 9.056 entre ontem (2/4) e hoje (3/4), conforme a atualização do Ministério da Saúde.

O número de óbitos por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, saltou de 299 para 359. O índice de letalidade, que era de 3,5% no início da semana, foi para 3,8% ontem e chegou a 4% no balanço anunciado hoje.

(Fontes: Secretaria de Saúde de Indaiatuba e Agência Saúde)