Indaiatuba confirma seis mortes por covid-19 e chega a 500 no total hoje

A cidade soma 18.824 casos positivos; taxas de ocupação das UTIs apresentam melhora

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba confirma seis mortes com diagnóstico positivo para a covid-19 e chega a 500 no total, nesta quarta-feira (28/4), quando também foram registrados mais 121 casos da doença.

Três óbitos aconteceram, ontem (27/4), no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc).

Uma das vítimas foi uma mulher, de 81 anos, internada desde o dia 17 deste mês e que possuía hipertensão. A outra vítima foi um homem, de 63 anos, internado desde o dia 22 deste mês. A terceira morte foi de um homem, de 50 anos, internado desde o dia 10 deste mês, sem comorbidades.

Também aconteceu um óbito de morador de Indaiatuba, no hospital de Arthur Nogueira, onde a rede municipal de saúde tem leitos alugados para pacientes da rede pública. A vítima foi uma mulher, de 75 anos. Ela foi internada no dia 6 deste mês e faleceu ontem (27/4). A mulher tinha histórico de hipertensão.

Além disso, dois outros óbitos que aguardavam a comprovação para covid-19 foram confirmados hoje.

Os óbitos são de um homem, de 62 anos, que foi internado no dia 8 de março e faleceu no dia 15 de março; e de uma mulher, de 66 anos, internada desde o dia 16 de março e que morreu em 27 de março. Ambos não possuíam comorbidades.

Desde o início da pandemia, 18.824 pessoas contraíram a covid-19 no município. Além das 500 pessoas que morreram, 18.238 são consideradas curadas ou estão em recuperação domiciliar. Há 70 casos suspeitos.

Hoje, há 96 pessoas com sintomas de síndrome respiratória internadas nas alas para a covid-19, no sistema de saúde de Indaiatuba, sendo que 86 delas já têm diagnóstico confirmado para a doença.

Do total de internados, 61 estão em leitos clínicos (enfermarias) e 35 estão em leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

As taxas de ocupação dos leitos de UTI apresentam melhora, de 80% (ontem) para 71% (hoje), no Haoc. No Hospital Santa Ignês a taxa caiu de 83% para 80% de ontem para hoje.

NÚMERO DE VACINADOS - 1ª DOSE
33.739

NÚMERO DE VACINADOS - 2ª DOSE
22.870