Indaiatuba é primeira colocada da RMC nos Jogos Abertos do Interior

Na classificação geral, o município ficou em 15º entre 189 cidades

Indaiatuba participou do 83º Jogos Abertos do Interior em Marília e conquistou um marco histórico nesta competição, ficando em 15º colocada, com 98 pontos e 124 medalhas (81 de ouro, 35 de prata e 09 de bronze). As competições foram de 11 a 23 de novembro e para essa edição, a equipe da Secretaria de Esportes contou com a participação de aproximadamente 280 pessoas, entre atletas (240), técnicos (25) e a delegação (15). O destaque de resultados foi a Natação PCD com 59 ouros, 13 pratas e 1 bronze, consagrando-se campeã no masculino e no feminino.

Contando somente as cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que é a 4ª Região, Indaiatuba foi a primeira colocada. Em segundo, ficou Rio Claro, na 24ª posição, e em terceiro Campinas, na 25ª, tivemos ainda Americana em 30º e Hortolândia em 31º, fechando as cinco melhores cidades.

O prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB) comemora a conquista. “Parabenizo todos os atletas por essa conquista e por representar tão bem a nossa querida Indaiatuba. Tenho muito orgulho de estar como prefeito no momento em que as maiores conquistas do Esporte estão acontecendo”, comenta Gaspar.

O secretário da pasta, Marcos Antonio de Moraes, também parabeniza o desempenho dos atletas. “Temos visto um constante crescimento nas conquistas dos nossos atletas do competitivo e parabenizo além dos atletas a nossa equipe técnica que trabalha muito e exige muita dedicação aos nossos atletas para conseguirmos resultados como esse”, diz Moraes.

Indaiatuba disputou em 14 modalidades (Atletismo Masc. e Fem., Atletismo PCD Masc., Boxe Masc., Ciclismo Masc. e Fem., Futsal Masc., Ginástica Artística Masc. e Fem., Ginástica Rítmica, Handebol Masc. e Fem., Karatê Masc. e Fem., Natação Masc. e Fem., Natação PCD Masc. e Fem., Taekwondo Masc. e Fem., Tênis de Mesa Masc. e Xadrez Masc. e Fem.). Ao todo, entre masculino e feminino, foram 23 times.

Participaram das competições 189 cidades, de acordo com o coordenador do Departamento Competitivo da Secretaria de Esporte, Rafael de Oliveira e Silva, Indaiatuba foi uma das cidades que tiveram melhores índices técnicos nos últimos anos. “Parte disso, diz respeito ao fato de ser um ano pré-olímpico, onde os atletas buscam a melhoria de suas marcas, e nada, como uma competição de nível para isso. Ficamos na posição 15º, com 98 pontos, pelo critério de pontos. Se fosse por medalhas, com certeza, seríamos um dos dois melhores, pois, tivemos a expressiva marca de 124 medalhas, mas infelizmente, a SELJ não apresentou nos boletins, a contagem de medalhas”, explica e conclui.

 

MEDALHAS

Atletismo PCD 1 prata e 1 bronze
Atletismo 1 ouro
Ciclismo 5 ouros e 2 bronzes – Campeão no Masculino e vice no Feminino
Ginástica Artística 6 ouros, 2 pratas e 1 bronze – Campeão no Masculino e 4º no Feminino
Natação PCD 59 ouros, 13 pratas e 1 bronze – Campeão no Masculino e no Feminino
Natação 9 ouros, 14 pratas e 3 bronzes – Vice-Campeão no Feminino e Terceiro no Masculino
Karatê 3 pratas e 1 bronze – 4º no Feminino e 7º no masculino
Handebol Feminino Medalha de Prata – Vice-Campeão
Futsal Masculino Medalha de Ouro – Campeão

 

RESULTADOS DAS OUTRAS MODALIDADES QUE PONTUARAM

8º na Ginástica Rítmica
8º no Taekwondo Feminino
7º no Tênis de Mesa Masculino
7º no Xadrez masculino e 4º no Feminino