Indaiatuba ultrapassa as 340 mortes por covid-19 e totaliza 14.460 casos positivos

A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 92% no Haoc e de 90% no Hospital Santa Ignês

Por Patrícia Lisboa

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informa o registro de mais um óbito com diagnóstico para a covid-19 e 57 novos casos positivos da doença. Assim, a cidade soma 341 mortes e 14.460 casos.

O óbito aconteceu no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc). A vítima foi um homem, de 57 anos, internado desde o dia 28 de janeiro. Ele morreu ontem (16/2) e não tinha doenças preexistentes, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Também foi registrada, ontem, a morte por covid-19 do médico Williams Elias Manzur Morillo, de 55 anos, que atuava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Haoc desde 2013, mas, como ele era morador de Campinas, o caso não foi registrado em Indaiatuba.

Desde o início da pandemia, do total de contaminados, além dos que morreram, 14.075 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar. Ainda há 1.623 casos suspeitos.

Hoje, há 59 pessoas com sintomas de síndrome respiratória internadas nas alas para a covid-19, no sistema de saúde de Indaiatuba, sendo que 44 já têm exame positivo para a covid-19. Do total, 24 estão em leitos clínicos e 35 estão em leitos de UTI.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 100% nos alugados para o SUS de Indaiatuba, no Hospital Samaritano, em Arthur Nogueira, de 92% no Haoc e de 90% no Hospital Santa Ignês.

Nas enfermarias, a taxa de ocupação é de 40% no Hospital Santa Ignês e de 38% no Haoc. Não há leitos alugados para o SUS em enfermarias.

COMUNIDADE ESCOLAR

No monitoramento feito entre os 3.265 profissionais da educação envolvidos na volta às aulas presenciais, desde o último dia 8, foram registrados dez casos de covid-19 até hoje (17/2). De ontem para hoje, são quatro casos a mais.

Do total de notificações, são 39 casos negativos, 32 com agendamento de exame e dois aguardando o resultado de exame já realizado para a confirmação ou não da covid-19.

Os dez casos positivos são de profissionais que atuam nas seguintes unidades escolares: Emebs (escolas municipais de educação básica) Prof. Elizabeth De Lourdes Cardeal Sigrist; Prof. Leonel José Vitorino Ribeiro; Sylvia Teixeira de Camargo Sannazzaro; Prof. Maria José Ambiel Marachini; Renata Guimarães Brandão Anadão; Maria Ignêz Pinezzi; Prof. Alice de Mattos Wolf; Dom Ildefonso Stehle; e creches Benedito Antonio Misko e Mãe Rainha.

Segundo a Secretaria Municipal da Educação, os profissionais que estão com covid-19 apresentam sintomas leves, estão sendo acompanhados a cada 48 horas pelo Telemedicina Covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde e se recuperam da doença em casa.

MINHA SAÚDE

Ao apresentar sintomas de contaminação pelo coronavírus, a pessoa pode realizar o seu atendimento online, pelo Minha Saúde-19. O paciente responde questionário prévio e com a suspeita, encaminhado para médico de plantão, que realiza o atendimento por vídeo, sem sair da plataforma digital e encaminha para exame em uma Unidade de Saúde.

O link do serviço está no site da Prefeitura www.indaiatuba.sp.gov.br. Para outras dúvidas basta chamar no WhatsApp da Saúde (19) 9 9779-3856.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a necessidade de se manter os cuidados diariamente. Ao sair de casa use máscara e álcool em gel. Mantenha distanciamento social e evite aglomerações.

(Fontes: Secretarias de Saúde e da Educação de Indaiatuba)