Justiça Eleitoral faz entrega dos diplomas aos eleitos na eleição municipal de 2016

Com a diplomação, último ato do processo eleitoral, todos estão aptos a assumir os cargos no dia 1º de janeiro

Por Patrícia Lisboa

Em cerimônia que reuniu cerca de 500 pessoas na Câmara Municipal, na tarde desta segunda-feira (19/12), o juiz eleitoral de Indaiatuba, Fabio Luís Castaldello (foto), e a chefe do Cartório Eleitoral, Lilian Dalva Silva de Lima, fizeram a entrega dos diplomas ao prefeito, vice-prefeito e aos 12 vereadores eleitos na eleição municipal deste ano. (Confira todos os nomes abaixo)

“A diplomação não é a posse (que acontecerá no dia 1º de janeiro), mas é o ato formal da Justiça Eleitoral que reconhece que todos os eleitos estão aptos a iniciar seus mandatos; é o ato que encerra o processo eleitoral”, explicou o juiz eleitoral, em entrevista ao Blog da Pimenta.

O juiz comentou que a campanha eleitoral deste ano foi marcada pelo uso das redes sociais e que considera o fato positivo, quando não há conteúdo ofensivo nas postagens. Castaldello também informou que ainda há um processo em trâmite contra o prefeito eleito, Nilson Alcides Gaspar (PMDB), e outro processo contra candidato não eleito, mas ponderou: “Eu só posso falar hipoteticamente; uma ação pode até ser improcedente. Não é hora de falar, de imaginar o que vai acontecer”.

Na cerimônia de diplomação, o juiz eleitoral foi o único a discursar. “Indaiatuba é uma bela cidade, vai continuar crescendo. A Administração será iluminada, vai voltar os olhos para os que mais precisam. Agradeço o pessoal do Cartório Eleitoral, é impressionante o trabalho que foi feito por um time tão pequeno. Estou muito satisfeito. Felicito os eleitos e desejo um bom mandato a todos”, disse.

Em entrevista ao Blog da Pimenta, o prefeito eleito comentou sobre a expectativa para o mandato. “É um compromisso enorme com a nossa cidade, com toda a população; vou trabalhar muito, mais do que a gente já tinha feito. Sempre digo para toda a minha equipe: ‘se está bom, pode ficar melhor’.  E nós vamos buscar esse melhor para a nossa cidade, com muita dedicação, com muita transparência. Acho que o relacionamento com a Câmara vai ser tranquilo, acho que todos nós estamos preocupados com o futuro de Indaiatuba”, comentou Gaspar. Ele também afirmou que está tranquilo em relação ao processo em trâmite na Justiça Eleitoral.  Na quarta-feira (21/12), Gaspar anunciará o seu secretariado e o plano de atuação nos primeiros 180 dias do seu governo.

Os eleitos

Na eleição municipal deste ano, foram eleitos Gaspar e Túlio José Tomass do Couto (PMDB), para prefeito e vice-prefeito. Os vereadores eleitos são Hélio Ribeiro (PSB), Ricardo França (PRP), Luiz Carlos Chiaparine (PMD), Luiz Alberto Perereira, o Cebolinha (PMDB), Jorge Luís Lepinsk, o Pepo (PMDB), João Neto, o Januba (DEM), Adalto Messias de Oliveira (PP), Silene Carvalini (PP), Massao Kanesaki (DEM); Alexandre Peres (SD), Edvaldo Bertipaglia (PSB) e Arthur Spíndola (PV).