Mais cinco pessoas morrem no Haoc vítimas do novo coronavírus

As vítimas são uma mulher, de 77 anos, e quatro homens, de 51, 68, 75 e 84 anos; do início da pandemia até hoje, o Haoc registra o total de 200 pacientes curados da covid-19

Por Patrícia Lisboa

Em boletim, nesta sexta-feira (7/8), o Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), de Indaiatuba, informa a ocorrência de seis óbitos, entre ontem (6/8) e hoje (7/8), sendo cinco já estão confirmados que foram por covid-19 e um ainda aguarda exame para confirmação ou não da doença. Hoje, o Haoc alcançou a marca de 200 pacientes curados da contaminação pelo novo coronavírus.

ÓBITOS

Segundo o Haoc, ontem (6/8), três pacientes morreram por complicações provocadas pelo novo coronavírus.

As vítimas foram uma mulher, de 77 anos, que havia sido internada em 28 de julho; um homem, de 84 anos, internado desde 29 de julho, e um homem, de 75 anos, internado em 31 de julho.

Hoje (7/8), ocorreram os outros três óbitos. Os pacientes que tinham sido diagnosticado com covid-19 foram um homem, de 51 anos, que estava internado desde 8 de julho, há praticamente um mês; e outro homem, de 68 anos, que foi internado em 10 de julho.

A terceira morte de hoje (7/8) é a que ainda aguarda exame para a confirmação ou não da covid-19. Portanto, é considerada morte suspeita. A vítima foi uma mulher, de 84 anos, que foi internada dia 3 deste mês.

ALTAS E INTERNAÇÕES

Seis pacientes que tiveram resultado positivo de exame para a covid-19 receberam alta, nas últimas 24 horas. Com isso, o Haoc registra o total de 200 pacientes curados da contaminação pelo novo coronavírus.

Nas últimas 24 horas, ainda foram registras oito novas internações de pacientes com sintomas de síndrome respiratória.

No momento, há 44 pacientes com sintomas de síndrome respiratória internados nas alas para a covid-19, no Haoc, sendo 18 em leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 26 nos leitos da enfermaria. Deste total de pacientes, 29 têm resultado positivo de exame para a covid-19.

(Fonte: Haoc)