Mais três pacientes do Haoc não resistem aos sintomas de síndrome respiratória

As mortes são de homens de 59, 68 e 82 anos; um deles tinha confirmação para a covid-19

Três pacientes que estavam internados no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) com sintomas de síndrome respiratória morreram, ontem (25/6).

Uma das vítimas é um homem, de 68 anos, que foi internado em 22 de junho. Exame de PCR deu negativo para a covid-19

O outro óbito foi de um homem, de 82 anos, que deu entrada no Haoc, ontem mesmo e ainda não há o resultado de exame para a covid-19.

A terceira morte é de um paciente de 59 anos, internado desde o dia 12 deste mês. Ele tinha resultado positivo para a contaminação pelo novo coronavírus.

No mesmo período, ocorreu uma alta hospitalar, na ala da covid-19 e seis novas internações de pacientes com sintomas de síndrome respiratória. No momento, há 46 pessoas internadas no Haoc, com síndrome respiratória, 25 com resultado positivo para a covid-19. Do total, 20 estão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 26 na enfermaria.