Morrem cinco pacientes que estavam internados no Haoc com covid-19

As vítimas são uma mulher e quatro homens; oito pessoas esperam vagas em UTI e seis em vagas na enfermaria

Por Patrícia Lisboa

O Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), de Indaiatuba, informa cinco pacientes que estavam internados com covid-19 morreram entre ontem (7/6) e hoje (8/6). A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a enfermaria estão com os leitos esgotados desde ontem.

Oito pessoas estão na fila de espera para serem transferidas para leitos de UTI e outras seis aguardam vagas em leitos da enfermaria, no momento.

Um dos óbitos é de uma mulher, de 65 anos, que estava internada desde o dia 17 de maio. Também estão entre as vítimas um homem, de 25 anos, que tinha sido internado no último dia 3. Outro óbito é de um homem, de 57, internado no dia 29 de maio. Também morreu um

homem, de 73 anos, que estava internado desde 31 de maio. O quinto óbito é de um homem, de 91 anos, que foi hospitalizado no último dia 1.

As eventuais doenças preexistentes dos pacientes serão informadas no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Nas últimas 24 horas, 11 novas internações de pessoas com sintomas de síndrome respiratória foram registradas no Haoc e não houve altas de pacientes da ala covid-19. Do total de internados, 59 já têm diagnóstico confirmado para a covid-19.

(Fonte: Haoc)