Saae inicia a 4ª fase da substituição da rede de água por método não destrutivo

Essa nova etapa do trabalho abrange os bairros Centro, Cidade Nova 1 e Vila Georgina

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), de Indaiatuba, assinou o contrato para a 4ª Fase de Substituição de Redes de Água por Método Não Destrutivo (MND). Serão substituídos 5.578,88 metros da rede de água e 602 unidades de ligações domiciliares.

Essa nova etapa do trabalho de substituição da Rede de Distribuição de Água abrange os bairros Centro, Cidade Nova 1 e Vila Georgina. O início e a previsão de término serão divulgados posteriormente.

O contrato já foi assinado, no final do mês de março de 2021, com o Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro).

As obras serão realizadas com verba a fundo perdido, ou seja, sem a necessidade de reembolso ao órgão estadual, no valor R$ 1.360.122,45 e a contrapartida do Saae de R$ 1.602.356,21.

Na 4ª Etapa, os trechos beneficiadas são: Rua Rêmulo Zoppi, Rua Almirante Barroso, Rua Jacutinga, Avenida Presidente Kennedy, Rua Ademar de Barros, Rua Dom Idelfonso Stehle, Avenida Almirante Tamandaré, Avenida Dr. Jácomo Nazário, Rua 13 de Maio Dr. Oswaldo Cruz, Rua Pedro Américo, Rua Apá, Rua Dr. Rua Regente Feijó, Rua Alberto Santos Dumont, Rua Dom Pedro I, Rua Alberto Santos Dumont, Rua Ipiranga, Rua Armando Salles de Oliveira e Rua Paul Harris.

As ações são realizadas com intuito de reduzir os índices de perdas de água tratada no município, para garantir a regularidade e qualidade na distribuição de água potável, obter um sistema de abastecimento eficiente. Isso coloca em prática as soluções e ações constantes do Plano Diretor de Combate ás Perdas de Água em Indaiatuba, que, executadas reduzem as perdas de água na cidade.

A substituição é necessária, pois, a área central de Indaiatuba possui uma rede de distribuição de água muito antiga e em fibrocimento. Essas tubulações possuem diâmetros reduzidos e, em alguns trechos, estão quase que totalmente bloqueadas pela existência de incrustações, sendo constante muitas ocorrências de vazamentos nesses trechos de rede de água.

A redução do índice de perdas de água no município de Indaiatuba é uma ação prioritária do Plano das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que tem como meta atingir o índice máximo de perdas de distribuição de 25%.

As perdas são decorrentes de vazamentos em redes e ramais e ocorrem em virtude do envelhecimento e fadiga dos materiais, são serviços necessários e já foram executados em boa parte da região central e de alguns bairros.

MND

Em todoas as etapas, serão 34 quilômetros de substituição entre os bairros da Região Central, Cidade Nova 1, Vila Georgina, Vila Vitória, Jardim Rossignatti, Vila Almeida, Jardim Pau Preto e Vila Nossa da Candelária.