Saúde confirma cinco mortes por covid-19 e total chega a 566 em Indaiatuba

Hoje, a cidade também registra mais 121 casos da doença; leitos de UTI na rede pública estão lotados

Mais cinco mortes com diagnóstico de covid-19 são confirmada pela Secretaria de Saúde de Indaiatuba, nesta quarta-feira (2/6). Também foram registrados mais 121 casos da doença.

Três óbitos aconteceram no Hospital Oliveira Camargo (Haoc), hoje (2/6).

As vítimas foram um homem, de 68 anos, internado no dia 25 de maio e que possuía fibrose pulmonar; um homem, de 68 anos, internado no dia 26 de maio e que também tinha possuía diabetes; e um homem, de 65 anos, internado desde o dia 20 de maio e que não tinha comorbidades.

Também foi confirmada uma morte ocorrida no Hospital Santa Ignês, ontem (1°/6). A vítima foi um homem, de 48 anos, internado desde 19 de maio. Ele tinha como comorbidade insuficiência renal aguda.

O quinto óbito confirmado hoje, foi de um homem, de 46 anos, que deu entrada pelo convênio, no Hospital Samaritano de Campinas. Estava internado desde o dia 25 de maio e faleceu no dia 31 de maio. O paciente também possuía hipertensão e obesidade mórbida.

Desde o início da pandemia, 21.910 pessoas contraíram a covid-19, em Indaiatuba. Do total de contaminados, 566 morreram e 21.260 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar.

Ainda tem 2.217 casos suspeitos aguardando resultados de exames para a confirmação ou não da covid-19.

INTERNAÇÕES

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, hoje, há 108 pessoas com sintomas de síndrome respiratória internadas, nas alas para a covid-19, no sistema de saúde de Indaiatuba, sendo que 84 delas já têm a confirmação da doença.

Do total de internados, 68 estão em leitos clínicos em enfermarias e 40 estão em leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 100% no Haoc e de 86% no Hospital Santa Ignês. Os leitos alugados pela rede municipal de saúde em hospital particular, fora da cidade, estão todos ocupados hoje.

Nas enfermarias, as taxas de ocupação são de 100% no Hospital Santa Ignês e de 88% no Haoc. Não tem leitos alugados em enfermarias.

VACINA

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba aplicou a primeira dose da vacina contra a covid-19 em 59.023 pessoas e 28.416 também receberam a segunda dose.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde orienta a pessoa que apresentar qualquer sintoma de contaminação pelo coronavírus, que procure o atendimento on-line Minha Saúde Covid-19. O acesso é pelo site da Prefeitura.

Dúvidas podem ser esclarecidas pelo WhatsApp (19) 9779-3856.

Os cuidados preventivos não podem ser esquecidos: usar a máscara ao sair de casa, manter o distanciamento social, evitar aglomerações e higienizar as mãos frequentemente.

(Fonte: Secretaria de Saúde de Indaiatuba)