Transporte coletivo urbano em Indaiatuba: As queixas reais e a politicagem

Opinião

Quem usa o serviço de transporte coletivo urbano todo dia para poder ir ao trabalho e voltar para casa, por exemplo, há anos, pede o mínimo: ônibus decentes e cumprimento dos horários, para não ter de ficar "plantado" no ponto e correr o risco de perder o compromisso. Sei disso porque já entrevistei muitos usuários.

Já quem nunca precisou pegar um "busão" na vida está entre os que mais fazem “barulho” nas redes sociais, incluindo os que tiveram condições reais de mudar qualquer suposta irregularidade no sistema e não fizeram, sabe-se lá por quê, mas, agora, (sabe-se lá por quê) ficam com o dedo em riste só apontando os eventuais erros. Mais fácil? É só isso mesmo???

Sou a favor da liberdade de expressão, claro, mas, lamento quando esse direito é exercido com uso de especulações maliciosas, para confundir a população deliberadamente, o que é pura politicagem, que não ajuda em nada, pelo contrário. É nociva, principalmente aos mais humildes.

Que triste essa torcida pelo “quanto pior, melhor” feita sabe-se lá por quê...

Ou sabemos?