Na volta do recesso, Câmara aprova Diretrizes Orçamentárias para 2020

Orçamento do município está estimado em R$ 1,079 bilhão para o próximo ano

Por Patrícia Lisboa

Depois do recesso de julho, a Câmara de Vereadores de Indaiatuba retomou os trabalhos legislativos na noite desta segunda-feira (5/8). A sessão ordinária teve início às 18h e foi encerrada às 20h. Na pauta da votação, o destaque foi o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, que foi aprovado por unanimidade.

A LDO é um dos principais projetos deliberados pelo Legislativo, pois é a lei que estabelece as prioridades e metas orçamentárias da Administração Municipal para cada exercício, de acordo com o Plano Plurianual (PPA), sendo que o atual vale até 2021. Assim, a LDO é a base para a elaboração dos orçamentos anuais da Prefeitura.

Para 2020, o orçamento do município está estimado em R$ 1,079 bilhão, o mesmo valor do atual exercício. Portanto, não há expectativa de crescimento da receita e da despesa, no ano que vem, por parte do governo municipal.

O texto do Executivo foi aprovado pelos vereadores sem alterações. A primeira votação do projeto de LDO foi no dia 24 de junho e a aprovação também foi por unanimidade.

As sessões da Câmara acontecem sempre às segundas-feiras, a partir das 18h, e são abertas à população. A Câmara fica na Rua Humaitá, 1167, Centro.