Vacinas pentavalente e DTP continuam em falta em Indaiatuba

Ministério da Saúde espera normalizar distribuição até outubro

A Secretaria da Saúde de Indaiatuba informa que a vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e hepatite, e a vacina DTP, que previne a difteria, tétano e pertussis, continuam em falta nas unidades básicas de saúde locais.

Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira (3/9), a Secretaria afirma que foi comunicada por meio de ofício do Ministério da Saúde que 3,250 milhões de doses da vacina pentavalente da Biological foram interditadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e não poderão ser utilizadas nem distribuídas no país. Assim, as unidades de saúde de Indaiatuba continuam com os estoques zerados.

De acordo com o Ministério da Saúde, uma nova aquisição foi feita e a previsão é que a distribuição da pentavalente no país seja normalizada em outubro.

Já o estoque da vacina DTP deve ser normalizado ainda este mês.